Maternidade02/05/2013 | 13h19

Gestação: é normal ter dor no umbigo no final da gravidez?

Regressão ocorre após o parto. Nos casos de hérnia umbilical, correção é feita por cirurgia

Enviar para um amigo
Gestação: é normal ter dor no umbigo no final da gravidez? Stock.xchng/Divulgação
A dor acontece porque conforme a barriga cresce há estiramento do ligamento fibroso do abdômen que se insere no umbigo Foto: Stock.xchng / Divulgação
A gestação é um momento de muita alegria para as futuras mamães, mas por mais que a gravidez tenha sido programada e desejada, a gestante pode apresentar muita ansiedade, devido às mudanças físicas e psicológicas desta fase. Durante os nove meses, ela pode vir a sofrer uma série de desconfortos como enjoos, dores nas costas e no abdômen, inchaço e náuseas. Além disso, algumas mulheres podem sentir dor ou sensibilidade na região do umbigo, algo muito comum, principalmente, no final gravidez. Embora a dor seja incômoda, a gestante não precisa se preocupar.

— A dor no umbigo acontece porque conforme a barriga cresce há estiramento do ligamento fibroso do abdômen que se insere no umbigo, e por isso é comum sentir um desconforto nesta região — explica a ginecologista e obstetra Erica Mantelli.

A separação da musculatura abdominal pelo crescimento do útero pode causar sensibilidade e fraqueza na região do umbigo, mas após a gestação a maioria das mulheres sofre uma regressão desse local. Nos casos em que não há essa regressão, surge a hérnia umbilical, que pode ser corrigida por intervenção cirúrgica.

Apesar de serem desconfortáveis, as dores no umbigo são totalmente suportáveis e não impossibilitam a gestante de fazer suas atividades cotidianas. Porém, a dor pode piorar no terceiro trimestre da gravidez, até o nascimento. Caso isso aconteça ao longo do tempo, a gestante deve procurar um médico para diagnosticar a causa.

— Se a dor não desaparecer evite fazer esforço físico, como por exemplo, pegar um balde cheio de água ou agachar. Esses movimentos podem fazer uma pressão indevida no umbigo — alerta a ginecologista.

Atenção mamãe: Dor no umbigo pode ser hérnia umbilical

Se após o parto, a região continuar dolorida e a pele não retornar ao normal, pode ter ocorrido o surgimento de uma hérnia umbilical, que pode ser corrigida cirurgicamente. A hérnia umbilical está relacionada a uma fraqueza da parede abdominal na região umbilical, podendo estar presente desde o nascimento ou se desenvolver ao longo da vida. Normalmente, ela ocorre com frequência em mulheres após a gestação.

O principal sintoma é uma sensação de desconforto na região do umbigo provocada quando a gestante faz algum esforço físico como carregar peso, ao se levantar da cama ou mesmo para fazer o esforço normal da evacuação. O melhor a fazer, quando surgem dores no umbigo, é comunicar o médico sobre tal desconforto. Assim, ele poderá acompanhar a evolução dessas sensações desagradáveis.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseSanta Catarina se despede do inverno com tempo seco e sol forte até o meio da semana. http://t.co/RCemFONwUjhá 6 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseTorcedor do Atlético-MG é baleado antes do clássico contra Cruzeiro, em Belo Horizonte. http://t.co/Nh4QJ8OYLIhá 33 minutosRetweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros