Reprodução21/01/2013 | 18h41

Qual a diferença entre espermatozoide e sêmen?

Pequenos nadadores precisam vencer 11 centímetros por hora para percorrer sua trajetória

Enviar para um amigo
Há pessoas que confundem espermatozoide e sêmen, considerando que o conceito e a função de ambos é a mesma coisa. No entanto, o sêmen é um fluido orgânico produzido pelos machos de muitas espécies animais para transportar os espermatozoides até o local de fertilização na fêmea.

— O sêmen é o resultado de uma mistura de secreções (plasma seminal) e do esperma ou espermatozoides — explica o ginecologista Joji Ueno, doutor em medicina pela USP.

Segundo o médico, o plasma seminal fornece um meio nutritivo e protegido para os espermatozoides durante sua jornada até o trato reprodutivo feminino.

— A secreção contém um complexo de componentes orgânicos e inorgânicos — acrescenta.

Já o espermatozoide é a célula reprodutiva masculina de todos os animais machos, uma célula com motilidade (que se move) e que possui energia para nadar livremente.

— É formado por cabeça, peça intermediária e cauda. A cabeça constitui o seu maior volume, é o local em que se localiza o núcleo da célula, que contém o material genético (DNA) — diz Ueno.

O médico comenta que os dois terços anteriores da cabeça estão cobertos pelo acrossoma, que contém as enzimas necessárias para a penetração do espermatozoide no óvulo. A cauda é responsável pela motilidade e, na área intermediária da cauda, encontram-se os produtores de energia celular.

— Os espermatozoides vivem, em média, 24 horas no trato genital feminino, porém alguns são capazes de fecundar o óvulo após três dias. Cada centímetro cúbico de sêmen contém milhões de espermatozoides. Mas o maior volume do sêmen é formado pelas secreções das glândulas do aparelho reprodutor masculino, principalmente a próstata e as vesículas seminais — explica o especialista.

Além disso, é o espermatozoide que define o sexo do futuro bebê, pois pode conter o cromossomo X - responsável pela formação de um indivíduo do sexo feminino - ou o cromossomo Y - responsável pela formação de um indivíduo do sexo masculino. De acordo com Ueno, o espermatozoide necessita nadar 11 centímetros por hora, o equivalente a um homem atravessar uma piscina de 50 metros em cinco segundos, para conseguir percorrer sua trajetória.

— Milhões de espermatozoides são depositados na parte posterior da vagina mas somente entre 300 e 500 alcançam o local da fecundação — destaca.

O tempo dessa trajetória pode variar entre cinco e 45 minutos e o vencedor consegue penetrar o óvulo formando uma nova vida.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseRT @EstelaBenetti: Diante da possibilidade de falta de vagas em cemitérios públicos de Florianópolis, opções privadas ganham força: http://…há 32 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseiPhone 6 já tem data de lançamento no Brasil: http://t.co/n5a6GTKPj4há 35 minutosRetweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros