Cinema08/02/2013 | 15h09

Crítica: 'O Lado Bom da Vida' é um filme ousado que mistura vários temas numa montagem inteligente

Em um elenco cheio de feras, o destaque é Jennifer Lawrence com a personagem Tiffany

Enviar para um amigo
Crítica: 'O Lado Bom da Vida' é um filme ousado que mistura vários temas numa montagem inteligente Paris Filmes/Divulgação
Foto: Paris Filmes / Divulgação

A vida nem sempre segue de acordo com nossos planos. Pode-se dizer que esse é o tema do filme O Lado Bom da Vida, indicado a impressionantes 8 Oscars. As indicações destacaram um dos grades diferenciais do filme, seu elenco de feras. É comum que filmes indicados a muitos Oscars tenham várias indicações a prêmios secundários, como mixagem de som ou figurino, mas não é o caso de Silver Linings Playbook, título original da produção. Indicado a melhor filme, diretor, ator, atriz, ator e atriz coadjuvante, roteiro adaptado e edição, Silver ... é um projeto ambicioso.

Alguns filmes tomam para si um assunto determinado e vão a fundo nele. Dirty Dancing (Ritmo Quente) e Footloose são clássicos entre os filmes de dança. Já Invencível conta a trajetória do jogador de futebol americano Vince Papale e O Homem que Mudou o Jogo é um dos tantos bons filmes sobre beisebol que existem. Entre os filmes sobre superação ou problemas psicológicos temos Uma Mente Brilhante, Mrs. Dalloway, Teoria da Conspiração, Como Se Fosse a Primeira Vez, Identidade Bourne e Rain Man. Todos esses giram em torno de uma única questão central: a dança, o esporte ou o funcionamento da mente humana. São fórmulas que funcionam. A grande ousadia de Silver... é misturar essas três coisas.

Quem diria que um filme sobre um rapaz que se descobre bipolar poderia ter cenas de dança e mostrar o quanto as pessoas são fanáticas pelos Eagles na Filadélfia e fazer com que tudo isso tenha sentido e se encaixe bem? O sucesso nesse sentido explica as indicações a melhor roteiro adaptado e edição.

Pat Solatano é o protagonista interpretado por Bradley Cooper (Se BeBer Não Case). Retirado de uma instituição para pessoas com problemas mentais por sua mãe (Jacki Weaver), ele vai para casa para conviver com seu pai (Robert De Niro), que tem transtorno obsessivo compulsivo. Logo ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence, Jogos Vorazes), uma viúva que também está com problemas para se comportar como a sociedade espera que ela o faça.

Em determinado ponto de Silver... é dito que "o mundo vai quebrar vai coração 10 vezes até domingo". E cada um faz o que tem que fazer ou o que pode fazer para juntar os pedaços o melhor possível e continuar vivendo. Todos passamos por isso. Perdemos amor, emprego, respeito, pessoas. Pat perdeu a cabeça quando encontrou a mulher com o amante no chuveiro e lhe deu uma surra. Quem pode dizer que está acima disso? Quem pode dizer do que seria capaz em uma situação limite como essa?

Silver Linings é uma expressão em inglês que se refere às frestas de luz que escapam no meio das nuvens quando o tempo está nublado. Ou seja, apesar do dia nublado, temos a oportunidade de ver a beleza desses episódios. A moral da expressão é que tudo o que é ruim tem seu lado bom. O filme com certeza tem vários. Seja a estética alternativa, os diálogos inteligentes, que abordam com profundidade como uma mente perturbada se comporta, seja a interpretação genial dos atores principais, vale muito a pena assistir.

O filme deve perder muitos Oscars para Lincoln, mas Jennifer Lawrence é a grande interpretação da produção. Nessa fase em que ela é uma das atrizes mais em alta em Hollywood, quem sabe a Academia resolve consolidar a admiração do público e dá a ela a estatueta.

Comentar esta matéria Comentários (2)

João paulo

Acabei de Assisti o filme o Lado bom da vida !

12/01/2014 | 22h14 Denunciar

HELOISA LEANDRO

Parabéns à excelente crítica feita pela jornalista Roberta Ávila, que sintetizou o enredo de forma perfeita, analisando-o como poucos! Vale a pena ver o filme, tanto pelo excelente elenco quanto pela história ótima!

11/02/2013 | 22h38 Denunciar

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseTurista fratura fêmur enquanto praticava sandboard em Florianópolis. http://t.co/BeP3lavT3Uhá 24 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseCatarinenses estão entre os mais dependentes de carros e motos. http://t.co/aMTda5mtl7há 1 horaRetweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros