Morte na madrugada21/08/2012 | 06h08

Imagens esclarecem ação durante assalto em posto de combustíveis em Florianópolis

PM se baseia em gravação para contrapor suspeitas da família de que rapaz teria sido executado

Imagens esclarecem ação durante assalto em posto de combustíveis em Florianópolis Reprodução/Reprodução
As filmagens registram a dupla chegando de moto, por volta de 2h, o assalto, a abordagem policial e os disparos Foto: Reprodução / Reprodução

A gravação com ameaças no telefone celular de um adolescente morto em confronto com a Polícia Militar, na madrugada de domingo, é visto como um indício da periculosidade desses jovens. O aparelho foi encontrado perto do corpo de Eduardo Ferreira da Luz, 16 anos, com um recado de vingança.

A voz do homem questiona a morte do rapaz, a quem chama de "camarada", e ameaça: "Nós vamos matar tu e tua família toda".

A família do rapaz morto suspeita de execução, pois um dos tiros teria acertado as costas de Eduardo.

O comando-geral da PM emitiu, nesta segunda-feira nota oficial questionando a matéria da edição de segunda-feira do DC. A corporação afirma que a conduta dos PMs, em tese, foi baseada na técnica policial e destaca a rapidez do atendimento à ocorrência. A nota ressalta que Eduardo tinha 15 passagens criminais e teria atirado nos PMs. A polícia também questiona a imparcialidade da reportagem, que ouviu a versão da família do rapaz. Procurada no domingo, a Comunicação Social da PM marcou para segunda sua manifestação.

A ação da PM foi rápida. Os policiais faziam ronda no Bairro Santa Mônica quando foram alertados do assalto ao posto de combustível na Avenida Madre Benvenuta.

Nesta segunda, enquanto o corpo do adolescente que tinha passagens por tráfico de drogas, assaltos e roubos era enterrado, polícia e funcionários do posto divulgaram o áudio no celular e imagens do assalto, cedidas ao DC pela RBS TV.

As filmagens registram a dupla chegando de moto, por volta de 2h, o assalto, a abordagem policial e os disparos. A imagem mostra Eduardo armado. Após renderem e roubarem funcionários e clientes, eles deixam a loja. Quando percebem a chegada da PM, ficam nervosos, deixam a moto cair e correm. Um deles fica para trás.

Um PM atira para cima, e o outro segue até a loja. Um policial vai atrás do assaltante, que coloca a mão na cintura para pegar a arma. Atingido, ele cai, mas a câmera não mostra.

A informação do boletim de ocorrência da 5ª DP, de que seriam cinco ladrões, foi descartada pela polícia. Jonatan Leandro Ventura, 18 anos, suspeito de participação, está preso.

A família de Eduardo ainda espera o laudo do Instituto Geral de Perícias, que deve esclarecer as circunstâncias da morte. O pai dele, José Maria Ferreira da Luz, tem a certidão de liberação do corpo, que atesta a morte por disparo de arma de fogo no tórax.

Notícias Relacionadas

Perseguição e tiroteio 20/08/2012 | 17h51

Divulgadas imagens de assalto que acabou em morte em posto de gasolina de Florianópolis

Um dos assaltantes, um rapaz de 16 anos, levou um tiro e morreu

Perseguição e tiroteio 20/08/2012 | 15h32

ÁUDIO: polícia é ameaçada por comparsa de assaltante morto em Florianópolis

Suposto amigo do jovem de 16 anos morto em ação policial ligou para a polícia e fez ameaças

Assalto 19/08/2012 | 09h15

Jovem morre e outro é preso após assalto a posto em Florianópolis

A dupla trocou tiros com a polícia em perseguição na Avenida Madre Benvenuta

 

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseCriciúma vence o Náutico com gol de pênalti no Heriberto Hülse. http://t.co/MOt8iEri2V http://t.co/vKQ6lg1sg9há 2 horas Retweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseRT @esportesdc: Ventania assusta e faz voo do São Paulo arremeter em Joinville: http://t.co/1ngvwRWYIyhá 2 horas Retweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros