Versão mobile

11 abalos em 24 horas07/05/2012 | 08h12

Moradores de Pirabeiraba relatam momentos de susto e medo por causa dos tremores

Defesa Civil de Joinville fará nesta segunda-feira nova visita à região

Enviar para um amigo
Moradores de Pirabeiraba relatam momentos de susto e medo por causa dos tremores Pena Filho/Agencia RBS
O casal Priscila Amorim, 21 anos, e Túlio Ricardo Dias, 25 anos, assistia a um filme na sala quando foi pego de surpresa com o primeiro temor de terra Foto: Pena Filho / Agencia RBS

Um forte estouro e um tremor “como se fosse um soco”. O primeiro dos 11 tremores sentidos pelos moradores do distrito de Pirabeiraba, das 21 horas de sábado às 19h50 de domingo, durou poucos segundos, mas foi o suficiente para derrubar quadros, algumas telhas, afastar as pias do banheiro e da cozinha da parede e fazer dobrar o tamanho de uma rachadura na parede da sala.

Mural: Você estava no Distrito de Pirabeiraba quando ocorreu os tremores? Conte pra gente o que você viu

O relato é do corretor de imóveis José Aílton Machado, 44 anos, e da mulher dele, Lenice Bruhn, que moram há 16 anos às margens da Serra Dona Francisca, no km 86 da SC-301.

Ele conta que o estrondo foi muito forte e, em um primeiro momento, achou que fosse resultado de um acidente de caminhão, que teria explodido.

— Depois, pensei que podia ser um avião que caiu ou explosão em alguma pedreira —, conta.

José chegou a ir de carro até uma pedreira para verificar se havia sido realizada alguma explosão, mas não encontrou nada. Ele lembra que após o primeiro tremor, toda a vizinhança se encontrou na rodovia.

— Foi todo mundo correndo ver o que tinha acontecido, mas ficamos todos sem respostas —, fala.

Outros dez tremores foram registrados ao longo de aproximadas 20 horas, mas com uma intensidade menor a cada novo evento. O fenômeno foi percebido por moradores da marginal da SC-301, do km 81 ao km 87.

PDF: confira onde foram registrados os abalos

As regiões do Quiriri e do Rio Bonito também sentiram os tremores, mas com uma proporção muito menor. A falta de explicação para o ocorrido fez com que muitos moradores criassem motivos inusitados para o ocorrido.

Na manhã de domingo, equipes da Defesa Civil sobrevoaram a região, mas não localizaram a origem dos tremores. A possibilidade de uma explosão clandestina, em alguma das pedreiras da região, foi descartada.

Apesar de ainda não confirmada, a versão oficial do órgão é de que os tremores foram causados devido à acomodação do solo e de rochas, no subsolo. Fenômeno parecido foi registrado nos últimos anos nos municípios vizinhos de Jaraguá do Sul e Corupá.

Também neste final de semana, um morador registou um fenômeno estranho no céu de Pirabeiraba.

LEIA MAIS:

“A gente fica com um pouco de medo”

Acomodação do solo, diz Defesa Civil 

Notícias Relacionadas

Mistério 06/05/2012 | 20h36

Já são onze os tremores registrados no Distrito de Pirabeiraba em menos de 24 horas

Hipótese mais forte, por enquanto, é de que tenha ocorrido uma acomodação do solo

Joinville 06/05/2012 | 19h30

Morador do Distrito de Pirabeiraba, Norte de SC, registra fenômeno estranho no céu

Feixe de luz foi visto na direção da Serra Dona Francisca

Joinville 06/05/2012 | 15h51

Defesa Civil de Joinville confirma pelo menos nove tremores na região de Pirabeiraba

Hipótese mais forte, por enquanto, é de que tenha ocorrido uma acomodação do solo

Joinville 05/05/2012 | 23h25

Tremores assustam moradores do Distrito de Pirabeiraba

A Defesa Civil ainda não sabe informar as causas dos tremores que atingiram a região na noite de sábado

Comentar esta matéria Comentários (1)

Reinaldo

Pode ter sido a acomodação de uma zona de falhamento antiga, com liberação de pressão e gás metano junto à falha que ocasionaria o facho luminoso fotografado/filmado na região pois o metano entra em combustão na atmosfera.

07/05/2012 | 10h28 Denunciar

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseMudanças no trânsito nos entornos da UFSC nesta quinta-feira! Laine Valgas: ação discute segurança do pedestre. http://t.co/xP3SIULkHkhá 17 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseMorro dos Cavalos será fechado no sentido sul para remoção de caminhão tombado nesta quinta-feira.há 49 minutosRetweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros