Versão mobile

22/12/2011 | 12h51

Terceira pista da SC-405 é inaugurada no Sul da Ilha e moradores protestam por ciclovias e calçadas

Trânsito fluiu sem problemas e não houve o mesmo congestionamento dos dias anteriores

Enviar para um amigo
Terceira pista da SC-405 é inaugurada no Sul da Ilha e moradores protestam por ciclovias e calçadas Daniel Conzi/Agencia RBS
Sob protestos de moradores que pedem segurança na rodovia, terceira pista da SC-405 foi inaugurada no Sul da Ilha Foto: Daniel Conzi / Agencia RBS

O trânsito fluiu com mais tranquilidade para quem vinha do Sul da Ilha em direção ao Centro de Florianópolis ás 9h30min desta quinta-feira, por conta da terceira pista da SC-405, inaugurada nesta manhã. Apesar disso, ainda faltam ciclovias e calçadas. Um dia antes da inauguração, moradores protestaram com cartazes e faixas.

Não houve registro de filas em direção ao Centro, diferentemente dos dias anteriores, quando os motoristas precisavam de muita paciência para cruzar o trecho entre o trevo do Rio Tavares e a Via Expressa Sul.

Pela manhã, o governador Raimundo Colombo esteve no local e chegou a ser convidado pelos moradores que também compareceram à cerimônia desta manhã. Ele afirmou que reconhece como legítima a reivindicação da comunidade.

Contraponto

Sobre os protestos da comunidade, o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Paulo Roberto Meller, lembra que a obra foi executada de acordo com o projeto e as demais necessidades serão avaliadas nas próximas semanas. Os pedidos da comunidade que puderem ser atendidos, serão feitos.

— Reconheço a questão dos pedestres, mas não podemos esquecer que se trata de uma rodovia estadual, a segunda mais movimentada e a prioridade é para quem circula por ela — disse Paulo.

O presidente lembra que até o dia 30 serão colocadas cinco novas sinaleiras de reversão e não para o trânsito.

— Assim que as sinaleiras entrarem em funcionamento, o tráfego será liberado em duas faixas sentido bairro-centro, das 6h até às 15h e, no sentido inverso, das 15h às 6h do dia seguinte — explica.

Comentar esta matéria Comentários (3)

vilton

Então, quer dizer que os veiculos tem preferencia sobre o pedestre? senhor Paulo Roberto Meller? Não entendi!Independente de ser rodovia, ou não!Deveriam pensar na segurança da comunidade.(PEDESTRES)

23/12/2011 | 00h35 Denunciar

antonio

Só um ser não-humano para dizer um absurdo destes: "Reconheço a questão dos pedestres, mas não podemos esquecer que se trata de uma rodovia estadual, a segunda mais movimentada e a prioridade é para quem circula por ela — disse Paulo." Quanta ignorância preside este departamento.

22/12/2011 | 22h08 Denunciar

Paulo Ricardo

É isso ai moradores! Concordo planamente com vocês. As obras viárias de Florianópolis estão sendo feitas única e exclusivamente para carros. Não dão prioridade para bicicletas, pedestres e ônibus. Tá na hora de criar corredores de ônibus, mais ciclovias e mais calçadas. CHEGA DE CARROS!

22/12/2011 | 15h56 Denunciar

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseCinco prefeituras de SC reavaliam contratos com empresas de radares investigadas na #AvedeRapina http://t.co/hHaUMI6nIihá 35 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseEstela Benetti: Fundo do Vale do Silício compra empresa de SC http://t.co/FePAQlBRTnhá 57 minutosRetweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros