Versão mobile

17/03/2010 | 22h58

Especialistas esclarecem boatos sobre vacina contra a gripe A

Mensagens anônimas que circulam na internet assustam e põem em dúvida a população

Enviar para um amigo
Especialistas esclarecem boatos sobre vacina contra a gripe A Nereu de Almeida/
Por enquanto, não houve registro de efeitos colaterias graves Foto: Nereu de Almeida

Quando o vírus da gripe A surgiu no ano passado, muitos boatos apareceram junto com ele. Agora, os rumores chegam por e-mail e dizem respeito à vacinação, por enquanto aplicada em profissionais da saúde e indígenas.

Uma mensagem anônima que circula na internet desde a semana passada assusta e põe em dúvida a população, mas especialistas garantem que a vacina é segura. A mensagem eletrônica afirma que o medicamento possui substâncias capazes de provocar de autismo entre crianças a problemas no sistema imunológico humano.

Além disso, o e-mail sugere uma armação entre autoridades de saúde e fabricantes da vacina para ter lucro com a aplicação, feita gratuitamente pelo governo em determinados grupos.

Irresponsabilidade

Cansada de mensagens do tipo, a vice-presidente nacional da Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim), Isabella Ballalai, classificou o alerta como "irresponsável". Ela disse que as vacinas já foram usadas nos Estados Unidos e na Europa com êxito. Segundo Isabella, não houve registro de mortes nem de efeitos colaterais graves até agora.

Especialistas na área acham que é natural as pessoas terem dúvidas diante do excesso de críticas ao medicamento recebidas pela rede mundial de computadores, mas ressaltam que não há perigo.

A médica Susana Dalcastagne, e as enfermeiras Priscila Tramontina e Renata Machado não pensaram duas vezes antes de receber a dose. Por falta de tempo não vacinaram-se no primeiro dia, mas no segundo. Elas garantem que não se sentem diferentes e que não tiveram nem reação no local da aplicação.

Indígenas não apresentaram efeitos colaterais

Na população indígena, das 9,3 mil pessoas que serão vacinadas no Estado, metade já havia tomado a dose na semana passada. Não há notificação referente a problemas em consequência da vacina, de acordo com a responsável pela imunização da Funasa, Janete Ambrósio.

A última avaliação realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em dezembro de 2009, registrou que os efeitos provocados pela vacina são reações leves, como dor local, febre baixa e dores musculares, que passam em torno de 48 horas.

— Penso que a polêmica começou em função do uso de substâncias na vacina como o timerosal, que é um derivado do mercúrio. Na França, desde o ano 2000, a Agência Francesa de Medicamento recomenda que ela não seja usada, mas há permissão da OMS por causa da pandemia. Tanto os governos quanto as indústrias se anteciparam para fazer a vacina contra um vírus que não é perigoso como se imaginava — comenta a doutora em microbiologia, Andréa de Lima Pimenta.

Especialistas tiram dúvidas

1. A vacina H1N1 contém mercúrio — a segunda substância mais perigosa do planeta depois do urânio. O veneno de uma cascavel é menos perigoso que o mercúrio. A substância em outras vacinas está ligada à epidemia de autismo entre crianças.

O que dizem os especialistas: há um derivado do mercúrio na vacina, o timerosal, usado para conservar o medicamento. Como a quantidade é pequena, não há registros de danos ao corpo. O Ministério da Saúde recomenda que pessoas alérgicas à substância consultem um médico. Pesquisas recentes não confirmam associação entre a substância e o autismo.

2. Ela contém esqualeno, uma substância que quando injetada no corpo pode fazer o sistema imunológico humano voltar-se contra si mesmo!

Especialistas: assim como o derivado de mercúrio, o esqualeno é um componente comum em vacinas. Segundo o Ministério da Saúde, ele é um complemento alimentar retirado do fígado do tubarão e não oferece risco para o sistema imunológico.

3. Ela contém células de câncer de animal que pode provocar câncer nas pessoas!

Especialistas:
não há esse tipo de células na vacina. Usou-se células animais em vacinas que estão saindo do mercado, como a antirrábica, mas sem nenhuma relação com câncer.

4. O governo federal não está confiante quanto à segurança da vacina H1N1, é por isso que foi dada às indústrias farmacêuticas imunidade contra ações judiciais. Isto significa que se seu filho ou esposa ficar inválido ou morrer por causa da vacina H1N1, você não poderá processar a indústria farmacêutica que fez a vacina.

Especialistas: quando há dúvida sobre uma medicação, ela não é liberada. O Ministério da Saúde não assinou nenhum termo de imunidade judicial com empresas. Elas são responsáveis pelos produtos que fabricam.

5. A entrada no mercado da vacina foi acelerada, o que significa que todos os efeitos colaterais a médio e longo prazo não são conhecidos.

Especialistas: a entrada foi acelerada, mas isso não quer dizer que a vacina não seja segura. A medicação é semelhante à usada na prevenção da gripe comum. A principal diferença é que o vírus morto usado é o do H1N1.

6. Em 1976 o instituto médico afirmou que havia uma situação crítica relativa à gripe suína. As pessoas começaram a morrer ou ficaram inválidas após tomarem a vacina contra a gripe suína.

Especialistas: na ocasião, houve casos de gripe A entre recrutas americanos. Eles tomaram a vacina e, em alguns casos, houve complicações, interrompendo a campanha. O que se ressalta é que a vacina de hoje não é a mesma e não tem registros de problemas até agora.

7. As estatísticas e os fatos estão sendo manipulados para provocar pânico! O número de pessoas que supostamente estão com o H1N1 são somente estimativas, não números reais. Os testes usados para o H1N1 não são aprovados pela FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos Estados Unidos), e esses testes não são confiáveis.

Especialistas: ao contrário, médicos e outros profissionais da saúde tentam amenizar o medo da população, ressaltando que a gripe A é apenas uma variação da gripe comum.

8. De acordo com as declarações dos Centros de Controle de Doenças, Agência de Drogas e Alimentos e da Organização Mundial da Saúde (OMS), o H1N1 é uma doença moderada da qual muitas pessoas se recuperam em uma semana sem medicação.

Especialistas: a maioria das pessoas que adoecem realmente se recuperam bem. A vacinação tenta impedir que os grupos considerados de risco, como as gestantes, tenham prejuízos à saúde, como ocorreu no inverno passado.

Fontes: Ministério da Saúde, infectologista Gustavo de Araújo Pinto e a doutora em microbiologia Andréa de Lima Pimenta.

Notícias Relacionadas

10/03/2010 | 10h31

Vacinar estudantes reduziria em 60% casos de gripe, diz estudo

Maioria dos países, incluindo o Brasil, não costuma imunizar a faixa etária dos 3 aos 15 anos

09/03/2010 | 18h43

Parceria com empresas busca mobilizar público jovem no combate à gripe A

Imunização poderá ser feita no local de trabalho

08/03/2010 | 11h27

Profissionais da Saúde e indígenas começam a receber doses de vacina contra a gripe A em SC

Até o fim da campanha, 2,8 milhões de pessoas devem ser imunizadas no Estado

Comentar esta matéria Comentários (75)

AERCIO PALADINO

Sou quase idoso e no último sábado fui vacinado contra o virus da gripe H1N1 e logo após fui à praia da Barra "olhar as modas". Depois comi um rizoto de camarão. Pois bem, não sei se foi uma reação normal ou foi catalizada pela alimentação, mas que tive uma diarréia brava naquela mesma noite foi.ai

05/05/2013 | 21h14 Denunciar

Bruna

ola ,tenho um filho de 1 ano e 8 messes que ira tomar a vacina, e eu tbm irei.. minha duvida é que eu amamento ainda... podemos eu e ele tomar a vacina?? obg observação: eu e ele tomamos a vacina ano passado,não tivemos nem uma reacao .. nem vermelhidão nem inchaço.absolutamente nada!

16/04/2013 | 20h30 Denunciar

Bruna

ola ,tenho um filho de 1 ano e 8 messes que ira tomar a vacina, e eu tbm irei.. minha duvida é que eu amamento ainda... podemos eu e ele tomar a vacina?? obg observação: eu e ele tomamos a vacina ano passado,não tivemos nem uma reacao .. nem vermelhidão nem inchaço.absolutamente nada!

16/04/2013 | 20h27 Denunciar

Rodrigo Pichler

olha como o meu Brasil é contraditório carcerário(pessoas que cometeu crime) tem direito a vacina e o professor que lida com 30 ou mais alunos num ambiente fechado como uma sala de aula não??? isso é um absurdo!!!!!!!!!!!

15/04/2013 | 10h53 Denunciar

Ministério

Fulvia, A vacina contra Influenza H1N1 é segura. Ela foi devidamente testada. Antes de ser aplicada aqui no Brasil, esta vacina já foi utilizada em mais de 300 milhões de pessoas no Hemisfério Norte, e em 81 milhões no Brasil sem efeitos colaterais graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias.

20/06/2010 | 15h06 Denunciar

Ministério

Paulo Roberto, As gestantes foram as que mais sofreram com a doença no ano passado e por isso o Ministério da Saúde incluiu as mulheres grávidas na campanha. É importante que você saiba que a vacina é eficaz e segura. Não há nenhum indício de que a imunização traga risco para a gestante ou para o feto. Mais informações: comunicacao@saude.gov.br Atenciosamente, Ministério da Saúde

20/06/2010 | 15h00 Denunciar

Fulvia

Acho importante alguns esclarecimentos sobre efeitos colaterais davacina, eu tomei a vacina e desde o dia da aplicação ( 12/05/2010) apresento sintomas de efeitos colaterais da vacina : febre, dores intensas de cabeça, coriza, náusea, diarréia. Estou afastada do trabalho por essa causa. Por isso acredito que é importante esclarecimentos á popolação, esclarecimento esses os quais não tive acesso , porque se tivesse, NÃO tomaria a vacina. Fulvia Stilli

16/05/2010 | 20h59 Denunciar

Paulo Roberto F. Silva

Creio que a população deveria ser melhor esclarecida sobre a vacina influenza A/H1N1, tendo em vista que o laboratório Sanofi Pasteur Inc. fabricante da vacina A/H1N1, em sua bula diz: • "Uso na gravidez e amamentação: Não se sabe se esta vacina pode causar dano fetal quando administrada durante a gravidez ou se pode afetar a capacidade de reprodução. "

26/04/2010 | 00h41 Denunciar

jose de abreu

sou diabetico e até o momento nao tomei essa vacina, e nem pretendo toma-la. viemos do pó e ao pó retornaremos. confia no senhor teu DEUS e deixa ele agir. mercurio e escaleno, sao dois produtos altamente tóxicos porque devo ingeta-lo no meu corpo. ta doido meu..inventa outra.

24/04/2010 | 04h44 Denunciar

Nilza Tosto Tortolero

Bom dia, Preciso saber se após tomar a Vacina H1N1 posso tomar Cefalexina,pois estou com amidalas inflamadas.

18/04/2010 | 09h47 Denunciar

raphael

No item 7, as resposta que eles deram, só foi referente ao 'PÂNICO' das pessoas e não as outras 2 perguntas que foram feitas: "O número de pessoas que supostamente estão com o H1N1 são somente estimativas, não números reais. Os testes usados para o H1N1 não são aprovados pela FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos Estados Unidos), e esses testes não são confiáveis." cade os argumentos da Secretaria de Saúde para essas afirmações???

14/04/2010 | 16h06 Denunciar

Tatiana

Acho que o Ministério da Saúde deveria ter divulgado todos os possíveis sintomas de reação dessa vacina, pois se soubesse não teria tomado. Tive tonturas, dificuldade de respiração, enjôo, dor de cabeça, coceira nos braços e pernas, enfim, todos os sintomas considerados raros. Não sei o que é pior: não tomar a vacina e correr o risco de pegar a gripe ou tomar a vacina e passar mal!!! Quem sabe o que ainda posso sentir, não é? Agora é só esperar!

14/04/2010 | 11h05 Denunciar

josedasilvaaa

Só uma coisa, vírus não é ser vivo, portanto é impossível que ele esteja na vacina morto. Muito estranho um especialista dizer isso.

06/04/2010 | 09h36 Denunciar

lizandra lima

(continuando) ....Aqui teve um caso de uma menininha que teve como efeito colateral TAMBÉM, parilisia facial, um lado do rosto... E aí, como fica? Somos COBAIAS !!!!!

03/04/2010 | 19h07 Denunciar

lizandra lima

Minha filha tem 1 ano e 10 meses, tomou a vacina dia 30 de março...começou com sintomas como se estivesse pra romper outro dentinho...irritabilidade, dor, baba excessiva...as noites ninguém mais dorme desde a vacina. Resultado: Levamos no médico hj, dia 03 de abril, a boca dela está cheia de aftas, com pus, até a garganta.... a tendência era seguir para outras partes do corpo. O médico usou o termo para diagnosticar,mas nos explicou que era proveniente da vacina. (vou continuar)

03/04/2010 | 19h05 Denunciar

paulo roberto miranda chaves

olá hoje é dia 30 de março fui vacinar meu filho de 6 meses e em consequencia eu e minha esposa também fomos vacinados(h1n1),minha esposa não sentiu praticamente nada,porém o meu filho ficou muito sonolento mais sem febre ou qualquer outra reação,todavia,eu,estou sentindo uma forte dor na perna,tanto que voltei no posto de saúde para perguntar se seria normal,a médica no local me disse que poderia ser pela aplicação.Já soube que outra pessoa já teve o mesmo sintoma,vou esperar pra ver.

30/03/2010 | 01h32 Denunciar

anonimo

se vc comparar o numero de mortos pelo virus, com os numeros de mortos vacinados naquela epoca, vera que ainda e mais vantagem se vacinar;a medida que o frio chega, aumenta a preocupaçao; a cada dia o numero de mortos aumenta.prefiro tomar a continuar vulneravel.acredito que seja melhor a duvida do que a morte pelo virus.

29/03/2010 | 20h33 Denunciar

nnnn

resposta ao comentário da Jamie: é que adolescente é aborrecente, então deixa que peguem gripe.

29/03/2010 | 16h46 Denunciar

Daniela

tomei hoje a vacina, estou grávida de dois meses e fui instruída pelo meu Ginecologista a tomar. Ele disse, efeitos colaterais, muitas coisas tem, mas se você pegar a gripe suína, será muito pior. Só peço a Deus que meu bebê seja perfeito. Que esta vacina não prejudique o desenvolvimento dele. O que me resta é torcer mesmo...Mas acho que o Ministério da Saúde poderia sim esclarecer a população com um chamado em horário nobre.

29/03/2010 | 15h18 Denunciar

ROSANGELA

dei a vacina no dia 25/03/2010, em minha filha de 2 anos e 4 meses por que ela tem asma. desde então ela está com febre de mais de 38 graus e está sendo medicada de 6 em 6 horas. Apresentou vomito 2 dias e estou muito preocupada por que ela esta sem fome e bem apatica.hoje é o quarto dia e ela ainda está com febre

29/03/2010 | 09h04 Denunciar

Jamie

Por que só jovens de 20 a 29 anos tomam? Pessoas de 19 anos nao correm os mesmos riscos de as de 20? Algm pode me dizer pq adolescentes nao vao tomar a vacina?

28/03/2010 | 19h25 Denunciar

Rosineide Pereira de Araujo

Eu ainda não vacinei meu filho de 5 anos ele é cardiaco. Só que estou com medo dos efeitos colaterai.Se alguem que conhe ou é cardiaco e tomoua vacina me mande um E-mail.rosep.araujo@gmail.com. Obrigada!

28/03/2010 | 18h44 Denunciar

ARIADNE

A ÁGUA QUE CONSUMIMOS DIARIAMENTE,PARA COZINHAR,BEBER,LAVAR ROUPAS,LOUÇAS ETOMAR BANHO......CONTÉM CLORO,MERCÚRIO,CAL VIRGEM ENTRE OUTROS PRODUTOS QUÍMICOS.QUAL O MEDO DA VACINA? BEIJINHOSSS E BOA SORTEEE PARA TODOS.

28/03/2010 | 18h02 Denunciar

KLAUS REITZ

CONHECIDOS NA ALEMANHA AFIRMAM EXATAMENTE O CONTRÁRIO DO QUE DIZ A SRA. ISABELLA, DIZEM QUE LÁ NA ALEMANHA A CAMPANHA NÃO TEVE ACEITAÇÃO DA POPULAÇÃO E QUE VÁRIAS PESSOAS MORRERAM EM 24 HORAS APÓS APLICAÇÃO DA VACINA, E QUE OS MÉDICOS NÃO ESTÃO RECOMENDANDO A VACINAÇÃO E QUE AS DOSES QUE SOBRARAM DA CAMPANHA FRUSTRADA DO GOVERNO ALEMÃO FORAM VENDIDAS PARA PAÍSES AFRICANOS. NÃO VERIFIQUEI A VERACIDADE, GOSTARIA ATÉ DE SUGERIR UMA COMPLEMENTAÇÃO À MATÉRIA COM UMA INVESTIGAÇÃO APURADA.

28/03/2010 | 10h02 Denunciar

Túlio

Se é tão inofensiva assim porque os anuncios de vários e não nenhum insucesso como diz a especialiste em imunologia que foi entrevistada. Só para a informação de todos há bastantes casos de disfunções neurológicas que afetam desde a fala até movimentos. E tudo isso dizem o publicadores americanos dos vídeos que começou após a aplicação da vacina!! Fala para a especialista em imunologia para ver os links http://www.youtube.com/watch?v=C7jfbVZFpC0 http://www.youtube.com/watch?v=1MmedmNi5bw aqui!!!

28/03/2010 | 01h09 Denunciar

MARCELO

OLA POPULAÇÃO BRASILEIRA, SO QUERIA SABER POR QUE O NOSSO MINISTRO DA SAUDE NÃO VEIO A PUBLICO ESCLARECER AS DUVIDAS E ASSUMIR OS RICOS , ÑA EPOCA DE POLITICA NÃO MOSTRA ELES VOTANDO POR QUE AGORA NÃO MOSTRA ELE VACINANDO OU FILHOS NETOS ALGUEM PROXIMO , AGORA ELES RAÇA RUIM ESCONDEM

26/03/2010 | 22h33 Denunciar

Gabriela

Tomei a vacina hoje de manhã, estou gestante de apenas 02 meses, meu braço ficou e está muito dolorido, dificil de movimentar,fiquei a tarde inteira sonolenta e tive diarréia... estou com muito medo que isto afete meu bebe, pois eles não falaram nada destas reações....

26/03/2010 | 17h59 Denunciar

Marcia dos Santos

Fiquei decepcionada quando li na internet que essa vacina h1n1 veio para exterminar uma boa parte da população e que faz parte da grande ordem mundial. Dei a primeira dose da vacina em minha filha e agora estou preocupada e não darei a seguanda dose. Por favor me expliquem onde estou errada...

26/03/2010 | 17h05 Denunciar

Josy

Boa tarde! Alguém pode explicar porque de 3 a 19 anos não tem período de vacinação?? Sei que dizem q é uma faixa que corre menos risco, mas corre! Pq só eles ficam fora?! Minha preocupação é q tenho uma filha de 5 anos e se fosse o caso até passaria minha dose para ela, prefiro que ela esteja protejida a mim. Obrigada Josy

26/03/2010 | 16h44 Denunciar

Ministério da Saúde

Cara Uiara, A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que foram distribuídas cerca de 80 milhões de doses da vacina contra a influenza H1N1 e até o final de novembro foram vacinadas aproximadamente 65 milhões de pessoas. A grande maioria do que vem se apresentando se assemelha a vacina sazonal administrada em idosos, que são reações leves: dor local, febre baixa, dores musculares, que se resolvem em torno de 48 horas. Em todas as campanhas de vacinação, realizadas pelo mundo, surgem teorias de que estas imunizações causam sérios danos ou até morte. Porém, estes fatos não são verdadeiros. Nosso país tem tradição em campanhas de vacinação. Já erradicou doenças e diminuiu os danos causados por muitas outras. A vacina é justamente para ajudar a diminuir os males provocados por um vírus que matou milhares de pessoas pelo mundo e, centenas no Brasil. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica. Att, Ministério da Saúde fernanda.scavacini@saude.gov.br

26/03/2010 | 14h55 Denunciar

Ministério da Saúde

Caro Emerson, Em decorrência de boatos sobre a vacina contra Influenza H1N1 que circulam na internet, a Secretaria de Vigilância em Saúde preparou um questionário para esclarecer as dúvidas sobre a vacina e a estratégia nacional de enfrentamento da pandemia. Repasse o conteúdo ou o link deste documento sempre que você receber o material falacioso. http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/nota_de_esclarecimentos_de_boatos_ms_24_03.pdf Att, Ministério da Saúde fernanda.scavacini@saude.gov.br

26/03/2010 | 14h51 Denunciar

Ministério da Saúde

Cara Alexandra, De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica. Att, Ministério da Saúde fernanda.scavacini@saude.gov.br

26/03/2010 | 14h41 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezado Wesley, Os laboratórios já tinham experiência com a produção da vacina contra os vírus de influenza sazonal (vacina administrada anualmente nos idosos no Brasil), e estes investiram em tecnologia num processo de preparação para a produção de uma vacina para a prevenção do vírus pandêmico (H1N1) 2009. O Brasil, por exemplo, fez investimentos na adequação do processo de produção pelo Instituto Butantan. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que foram distribuídas cerca de 80 milhões de doses da vacina contra a influenza H1N1 e até o final de novembro foram vacinadas aproximadamente 65 milhões de pessoas. A grande maioria do que vem se apresentando se assemelha a vacina sazonal administrada em idosos, que são reações leves: dor local, febre baixa, dores musculares, que se resolvem em torno de 48 horas. Att, Ministério da Saúde fernanda.scavacini@saude.gov.br

26/03/2010 | 14h34 Denunciar

Ministério da Saúde

Cara Saúde, Parabéns pela sua atitude. A vacina é segura, e protege a população. O Ministério da Saúde está tomando todas as providência para impedir que o avanço da Influenza H1N1 no Brasil, mas para isso é preciso a compreensão e ajuda de todos. Att, Ministério da Saúde fernanda.scavacini@saude.gov.br

26/03/2010 | 14h28 Denunciar

Ministério da Saúde

Cara Daiane, Segundo a Organização Mundial de Saúde a vacina a ser utilizada é segura e já está em uso em outros países. Não tem sido observada nesses países uma relação entre o uso da vacina e a ocorrência de eventos adversos graves. E antes de ocorrer a vacinação é comprovada sua eficácia e qualidade. A vacina registra uma efetividade média maior que 95%. Tire suas dúvidas da vacina O Ministério da Saúde adverte que os e-mails que estão circulando na Internet contrários à Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1 trazem informações falsas que não condizem com a realidade. Além de serem prejudiciais à saúde pública do país, eles tratam de especulações. Não é verdade. O fato é que mais de 300 milhões de pessoas já foram vacinadas com esta vacina no Hemisfério Norte, sem qualquer efeito colateral grave. A vacina é eficaz, segura e protege a população. Tire suas dúvidas no link http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/nota_de_esclarecimentos_de_boatos_ms_24_03.pdf Att, Ministério da Saúde fernanda.scavacini@saude.gov.br

26/03/2010 | 14h22 Denunciar

Daiane Mendes

O medo da População é muito grande...eu já cansei de ver sites falando da gripe h1n1, conversei tambem com a minha GO, pois sou gestante,e eu ateh pensei em tomar sabe...Mas vemos e ouvimos tanta coisa....que realmente pedi pra Deus proteger o meu filho...e deixar que nada aconteça a ele...pois tenho medo dos efeitos colaterais...não em 48 hras...mas em meses,anos...eu naum sei ql é o efeito colateral... Duas vizinhas minhas tomaram a vacina...as duas estão gravidas...entaum vamos esperar pra v!

26/03/2010 | 12h55 Denunciar

Luiz Eduardo

Se essa vacina fosse perigosa, porque as grandes indústriar farmaceuticas testaram primeiramente em cidadãos europeus e norte-americanos e não nos cidadãos de países subdesenvolvidos? E porque não se tem notícia alguma de mortes nos EUA e Europa por causa da vacina? Conspiração MENTIROSA!

26/03/2010 | 10h33 Denunciar

vanessa

eu concordo com WESLEY,não vou tomar eu acho que se fosse uma coisa confiante não teria tanto comentario sobre a vacina.se alguém tiver morrido duvido que vcs vão falar.como eu fiquei sabendo que ouve um caso de morte depois que o rapais tomou a vacina aqui no meu bairro.esse negocio de ainda não teve casos graves significa que vcs sabe que pode acontecer.o termo serto seria,não averá caso mas grave de sintoma da vacina como morte por exemplo ou autismo nas crianças.obrigado pelo espaço.

26/03/2010 | 09h54 Denunciar

Any Pacanaro

HJ meus filhos e eu tomamos a vicina, GRAÇAS A DEUS, me sinto mto bem...só acho q a prioridade deveria ser pras crianças q estão na escola, por mais q a gente oriente eles acabam esquecem e levando as mãos a boca. Eu acredito na vacina, agora só falta uma pra dengue...rs etc

25/03/2010 | 16h37 Denunciar

Saúde

Faço parte da coordenação de imunização do meu Estado, acredito sim na imunização dessa vacina, os efeitos colaterais vem sendo leves e desaparecendo em 2 dias. Lembrando que a vacinação não é obrigatória, por isso, quem não quiser tomar...não tome!!!! Eu tomei e estou me sentindo muito bem, efeitos colaterais poderão aparecer, porém prefiro correr esse risco do que correr o risco de contrair a doença. É uma questão individual, cada um escolhe o que acha melhor, concordam????

23/03/2010 | 17h45 Denunciar

WESLEY COSTA ELIONIDIO

O MEDO DA POPULAÇÃO SE RESUME NA INEFICÊNCIA DO SISTEMA DE SAÚDE PUBLICA DO BRASIL. UMA VACINA QUE SURGIU DE UMA HORA PARA OUTRA... LOGO APÓS A DISSEMINAÇÃO DO VIRUS...NÃO SE SABE OS EFEITOS A LONGO PRAZO. LOGO NÃO PODEMOS ASSEGURAR A EFICIÊNCIA DESSA VACINA. EU NÃO VOU TOMAR. O MINISTÉRIO DA SAÚDE DO BRASIL NÃO INSPIRA CONFIANÇA.

21/03/2010 | 17h31 Denunciar

uiara dorta bezerra

Estou com medo de tomar a vacina por causa das reaçôes os rumores são muitos por favor me tranquilize pois não vou tomar esta vacina.

19/03/2010 | 16h37 Denunciar

Emerson Cardoso

Em 1976 o governo americano iniciou a vacinacao de milhoes de pessoas (e nao apenas de recrutas), que teve que ser interrompida pela quantidade de pessoas que tiveram a Síndrome de Guillain-Barré. http://alturl.com/pq88

19/03/2010 | 15h41 Denunciar

Emerson Cardoso

O esqualeno nunca foi usado anteriormente em vacinacao em massa. Na Guerra do Golfo, varios veteranos foram vacinados contra o vírus Anthrax, que continha esqualeno. Isto causou a Síndrome da Guerra do Golfo, causando limphodenopatia, artrite rematóide, danos ao sistema nervoso, fatiga cronica, fibromialgia, lupus, lesoes na pele que nao curam, perda de memoria, convulsoes, , doenca de Raynaud, dores de cabeca cronicas, dores de cabeca cronicas,etc. http://alturl.com/omfi

19/03/2010 | 15h35 Denunciar

Emerson Cardoso

Vamos por partes: * Houve sim várias mortes na europa e nos EUA relacionadas cmo a vacina, mesmo com a populacao rejeitando em massa. Em várias ocasioes, foi dada como causa mortis outras causas de forma suspeita. http://www.anovaordemmundial.com/2009/10/vacinaca-da-gripe-matam-duas-pessoas-na.html * O timerosal é 50% mercúrio. Mesmo com pequena quantidade existe suspeita sim que ele cause autismo e outros problemas de aprendizado.

19/03/2010 | 15h32 Denunciar

Anésia Souza

A minha filha NEURANE tem 28 anos é portadora de mielominingocele com infecção cronica nos rins,quando pequena tinha alergia ao mercurio. Ela pode tomar a vacina? Quais são os riscos?

19/03/2010 | 13h47 Denunciar

Alexandra

Minha filha de quase nove anos que frequenta a APAE, recebeu a dose da vacina H1N1 ontem no final da manhã. Passou bem durante todo o dia. A noite, referiu um pouco de dor no local, e amanheceu com febre (37,8). Pergunto: a febre é uma reação normal da vacina, ou devo me preocupar e procurar o pediatra? Grata, Alexandra

19/03/2010 | 07h10 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezado Júlio, A Influenza H1N1 matou milhares de pessoas no mundo, no Brasil não foi diferente. Para assegurar aos brasileiros proteção contra a doença, O Ministério da Saúde não evidenciado esforços para enfrentar a nova onda da Influenza. Foram adquiridas 113 milhões de doses para imunizar as pessoas que fazem parte do grupo de risco de desenvolver a forma mais grave da doença. Mas se necessário for, realizaremos outra campanha.

18/03/2010 | 18h51 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezado Oscar, Não deixe de tomar a vacina, pois assim estará protegido de complicações da Influenza H1N1. O Ministério da Saúde adverte que os e-mails que estão circulando na Internet contrários à Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1 trazem informações falsas que não condizem com a realidade. A vacina é eficaz, segura e protege a população.

18/03/2010 | 18h45 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezado Ary, De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica. É Aconselhável que você procure seu médico para saber as causas dessa alergia.

18/03/2010 | 18h42 Denunciar

Julio Cesar

Pessoal abram os olhos, ele vem se defendendo em cima dos estados unidos onde o governo e o mais astuto e sacana, o governo nunca vai admitir que a vacina nao e eficas e e capaz de matar. abram os olhos, eles querem te vender eles querem te cegar querem te matar de rir querem te fazer chorar. Mas nos estamos em outra frequancia, sabemos que nao e bem assim.entao pessoa, eu pelo menos nao vou tomar a vacina, E voces vao arriscar?

18/03/2010 | 16h24 Denunciar

oscar tenchini

Boa tarde, concordo com a michele, não irei tomar esta vacina, o mais curioso e que tudo começou ao lado do laboratorio novartis, mesmo que o mercurio seja pouco e perigoso porque entao os medicos na frança estão se recusando a tomar esta vacina, tem algo cherando no ar.

18/03/2010 | 14h02 Denunciar

ary satana

eu tomei a vacina e desde entao estou apresentando um quadro de alergia por todo o corpo com muita coçeira e alguns ferimento nao sei se e da vacina mais foi apos tomar a vacina que eu comecei com esse sintomas alem de mal estar gostaria de saber se tem alguma relaçao com vacina por tambem nao foi so eu as outras pessoas que tomaram estao apresentando os mesmo sitomas e ai sera que efeito da vacina

18/03/2010 | 13h17 Denunciar

celi

esta vacina e para fazer dinheiro,so besta que vai tomar rsrs to fora.....

18/03/2010 | 11h37 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezado Hugo, Em todas as campanhas de vacinação, realizadas pelo mundo, surgem teorias de que estas imunizações causam sérios danos ou até morte. Porém, estes fatos não são verdadeiros. Nosso país tem tradição em campanhas de vacinação. Já erradicou doenças e diminuiu os danos causados por muitas outras. A vacina é justamente para ajudar a diminuir os males provocados por um vírus que matou milhares de pessoas pelo mundo e, centenas no Brasil.

18/03/2010 | 11h24 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezada Aline, Teorias de conspirações como essas servem apenas para provocar pânico na sociedade. O Ministério da Saúde orienta que, ao receber um e-mail com igual teor, encaminhe a todos os destinatários esta resposta oficial, para que informações falsas não possam tomar maiores proporções, prejudicando o funcionamento de campanhas importantes à saúde dos cidadãos. O Ministério da Saúde está trabalhando para imunizar os brasileiros que estão no grupo de risco de complicações da doença.

18/03/2010 | 11h17 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezado Marcos, As pessoas com idade entre 39 e 59 anos não estão inclusas na campanha de vacinação por não ser consideradas do grupo de risco de desenvolver a forma mais grave da doença. É possível que após esta campanha, outros sejam vacinados, mas isso vai depender da situação epidemiológica e da disponibilidade da vacina no mercado. As vacinas podem ser adquiridas em clínicas particulares, procure uma clínica na sua cidade e obtenha mais informações.

18/03/2010 | 11h14 Denunciar

Pri

Essa vacina vai passar a ser anual como a vacinação contra gripe comum nos idosos? Se morre muito mais de diarréia do que gripe A! Não sei por que essa palhaçada toda com essa gripe, tantos gastos com uma vacina pra um vírus, que é um microorganismo tão mutável...

18/03/2010 | 11h11 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezada Michelle, O Ministério da Saúde adverte que os e-mails que estão circulando na Internet contrários à Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1 trazem informações falsas que não condizem com a realidade. Além de serem prejudiciais à saúde pública do país, eles tratam de especulações. O fato é que mais de 300 milhões de pessoas já foram vacinadas com esta vacina no Hemisfério Norte sem qualquer efeito colateral grave. A vacina é eficaz, segura e protege a população.

18/03/2010 | 11h08 Denunciar

Ministério da Saúde

Prezada Samira, As Pessoas com idade entre 39 e 59 anos, não estão inclusas no grupo de risco de pessoas vulneráveis a desenvolver a forma mais grave da doença, e por isso não serão vacinadas nessa campanha. Mas é possível que numa próxima campanha essas pessoas podem ser imunizadas também. Isso vai depender da situação epidemiológica e da disponibilidade da vacina.

18/03/2010 | 11h05 Denunciar

Nailileda

Q dúvida???? E agora? Tenho Lupus... devo tomar ou ñ? A enfermeira da saúde veio hoje cedo a minha casa, lembar o dia q devo ir ao Posto de Vacinação.Por que na França ñ aceitaram a vacina????

18/03/2010 | 10h33 Denunciar

Francisco

As suspeitas são mais do que verdadeiras. A OMC está nas mãos da Novartis e laboratórios fabricantes do vírus e vacinas. Tá tudo no youtube, procurem: Gripe Suina Farsa. O maior especialista em infectologia:Lorovytz alerta da fraude e seus objetivos. Nos EUA nem 4% aceitaram ser vacinados. Na Europa nem 1%. As vacinas, que querem nos colocar goela abaixo, são compradas de paises europeus cujo povo recusou a oferta. Tenho provas. O discernimento é pessoal, portanto cabe a cada um a decisão

18/03/2010 | 09h55 Denunciar

alderijo bonac he

Esta coisa que circula pela internet deve ser algum idiota daqueles que acreditam no criacionismo e abominam a ciência. Vou tomar a vacina e lembro que Oswaldo Cruz enfrentou no início do século passado uma série de problemas decorrentes da ignorância da população de então. Gente, estamos no século XXI!

18/03/2010 | 09h27 Denunciar

Janete

Bom dia a todos, gostei dos esclarecimentos... Não sei se estou me equivocando, mas não vejo no calendário a vacinação para crianças acima de 8 anos...

18/03/2010 | 09h13 Denunciar

Antonio Geraldo da Silva

Bom dia . Não vi nem recebi o tal e-mail , porém tenho lido na imprensa estrangeira muitas contestações à tal vacina . Não são boatos apenas , são opiniões de cientistas renomados da França , Suiça , Dinamarca , Inglaterra , etc . Há noticias em grandes veículos europeus sobre graves problemas na Suiça (óbitos) e em Portugal. O povo francês recusa - se a ser submetido à vaci na . 30 milhões de doses devolvidas pelo governo da França foram adquiridas pelo Brasil . Cuidado é bom ! Abraços

18/03/2010 | 09h07 Denunciar

julio

bom dia a todos ! infelismente e o risco que temos que correr , ou tomamos e ficamos na duvida ! ou não tomamos e corremos o risco do mesmo geito !! ainda prefiro tomar a vacina e ficar na duvida ! infelismente assim vive a humanidade!! att julio att julio

18/03/2010 | 09h00 Denunciar

luhk

O depoimento sobre a vacina da ex-Ministra da Saúde da Finlândia, Dra. Rauni Kilde http://www.youtube.com/watch?v=JpOB4xkpjgQ

18/03/2010 | 08h30 Denunciar

Marcos Willy

A ex-Ministra da Saúde da Finlândia, Dra. Rauni Kilde,denuncia a conspiração no endereço abaixo: http://www.youtube.com/watch?v=JpOB4xkpjgQ

18/03/2010 | 08h27 Denunciar

Paula

Ok, a vacina pode ser boa, mas e as crianças? Meus filhos tem 4 e 11 anos e não poderão ser vacinados? Eles são grupo de risco tbém! Ficaram sem aulas por quase 20 dias! Um absurdo! Então que venham os laboratórios e distribuam as vacinas nas clínica particulares tbem! Apesar de achar que por pagar meus impostos, deveria ser gratuito!

18/03/2010 | 07h59 Denunciar

João Francisco

A vacina é garantida contra efeitos colaterais a longo prazo?

18/03/2010 | 07h37 Denunciar

Samira

Muito boa a explicação, só uma coisa chamou a atenção: e o grupo dos 40 aos 59 está imune? porque segundo a tabela não tem vacinação para essa faixa etária.Mesmo assim não iria tomar...

18/03/2010 | 06h29 Denunciar

Michelle

Ta, esclareceram algumas dúvidas, mas e por que aqui no Brasil niguém veio a público falar, comentar ou entrevistar alguém da área, como nos EUA e em outros países tem acontecido? Lá existem muitas discussões a respeito, entrevistas na tv e inclusive a ala científica e médica não recomenda nem toma a tal vacina. Na França a população não aceitou muito bem e estoques estavam encalhados. E finalmente, como uma vacina criada em tão pouco tempo pode ser considerada segura, se nós seremos os cobaias?

18/03/2010 | 02h36 Denunciar

Hugo

Essas respostas foram evasivas e sem fundamento. Não sei quem as respondeu, mas deixa muita dúvida. Não responderam o efeito dessa vacina a médio e curto prazo, porq não se sabe, não tem como. Derivado de mercúrio? Vcs só podem estar brincando com a população, não acham? "É pequena a quantidade". Por favor, parece que vcs estão falando com crianças analfabetas. Acho um absurdo vacinar em massa. É uma total manipulação.

18/03/2010 | 01h27 Denunciar

Marcos

Esse calendário contém uma lacuna inaceitável. Onde estão os adultos de 40 a 59 anos ? Serão vacinados quando ? No dia de são nunca ? E por que não vendem em farmácias (não importa o preço, eu posso pagar) ? É por medo da auto-medicação ? Mas o vírus é mundial, se não adquirir resistência aqui, adquirirá em outro país !!! Será que é tão difícil entender isso ? É realmente uma incompetência assombrosa. Não tenho medo do terrorismo difundido na net, tenho medo é da burrice governamental.

18/03/2010 | 01h10 Denunciar

Aline Michelle

O que dizer disso: Agora deixe no site ai pra todos verem: . Médico fala Sobre Toxicidade da Vacina da Gripe A. PERIGO DA VACINA CONTRA H1N1 http://www.youtube.com/watch?v=dgYHPSoE8d8 . Abaixo é uma entrevista com Jane Burgermeister: http://www.youtube.com/watch?v=7zNSAHc_Ko8 . Gripe A põe OMS sob investigação Cientistas estariam na folha de pagamento de fabricantes de vacina http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a2782091.xml tem muitos videos

17/03/2010 | 23h43 Denunciar

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseRT @OpiniaoDC: Cães abandonados na Praia do Moçambique comovem leitor. http://t.co/WO4xRVnqVuhá 1 horaRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseRT @OpiniaoDC: Editorial "Estupidez criminosa" fala sobre a destruição de ônibus pelo país. http://t.co/sHb2tFzkrV http://t.co/6Y0YwmADHEhá 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros