Versão mobile

Debate DC: Qual a sua opinião sobre a posição do promotor de Justiça que indeferiu casamentos de pessoas do mesmo sexo em Florianópolis?

Enviar mensagem
  • Carlos Lessa 

    ACREDITO QUE NÃO É NEM CASAMENTO, E SIM UNIÃO CIVIL ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO. GOSTARIA QUE ESSAS PESSOAS QUE SÃO CONTRA E ELE TIVESSEM UM FILHO NESSA CONDIÇÃO, AI ELES MUDARIAM DE IDEIA.

    Palhoça - SC - Brasil28/08/2013 | 18:56
  • Jose Ricardp Tavares 

    O promotor segue o "principio do livre convencimento", levando em conta a sua livre convicção pessoal motivada, talvez por sua formação religiosa ou moral. As partes envolvidas devem recorrer, a patir do "principio da controvésia", buscando regularizar a sua relação de acordo com as decisões do STF e do TJ. Assim é que funciona o nosso ordenamento jurídico. O promotor fez a sua parte, dentro do que a lei prevê quanto as suas possibilidades de decisão e ação. Ninguem é obrigado a aceitar os novos paradigmas sociais, mas respeitá-los, por isso existe a possibilidade de recorrer de decisões que por ventura venham prejudicar os direitos dos envolvidos. Mesmo que Deus tenha criado Adão e a Eva visando a criação da família, temos que considerar que novas relações sociais passaram existir, com muitos envolvimentos patrimoniais. A partir daí, aceitando ou não Adãos com Adãos ou Evas com Evas, o Estado tem que dar uma resposta, de forma laica, de como se organizarão estas novas relações.

    São Jose - SC - Brasil28/08/2013 | 14:07
  • Ricardo Teles 

    Não sou contra relacionamento entre duas pessoas do mesmo sexo, mas querer tornar isso normal aos olhos de todos, é incentivar novas gerações a caminhar rumo homossexualismo generalizado, a criação de leis regulamentando isso é mesmo o fim...parabéns ao promotor..."e a vida segue, cada um com seu cada qual".

    Chapecó - SC - Brasil28/08/2013 | 13:13
  • Joao Carlos Faraco 

    De acordo com o promotor e ponto final.

    Bombinhas - SC - Brasil28/08/2013 | 11:20
  • Edno Almeida 

    Concordo e parabenizo o promotor! A Família é constituída de um pai e uma mãe dentro de uma união estável (casamento) para que a criança resultante dessa relação encontre uma base sólida para viver. Deus criou macho e fêmea e ambos se completam, isso é um recado claro de como devemos viver e se relacionar para que raça humana tenha continuidade.

    São Francisco do Sul - SC - Brasil28/08/2013 | 10:17
  • daniel azeredo 

    Se a Constituição Federal dá o direito ou não. É lei do homem. Se não fosse assim Deus Faria em sua criação Homem X Homem ou Mulher X Mulher. Mas na sua criação ele fez Adão e Eva ou seja para procriar. Agora cada um tem o direito de ser o quer ser. É sua opção. Se o Promotor tomou esta decisão certamente teve base.

    são carlos - SC - Brasil28/08/2013 | 08:45
  • lucas melo 

    Quando foi que a palavra casamento se tornou da igreja? Porque então não se adonam da palavra estupro na bíblia tao aceita. Ah claro precisa ser re interpretado neh?hehehe entao vamos a fatos mais recentes, pedofilia na igreja, ops, eles não eram servos do senhor? quem sabe todas essas pessoas de sentimentos tão nobre e moral tão exacerbada não colocam os outros princípios da bíblia no seu cotidiano

    florianopolis - SC - Brasil27/08/2013 | 21:40
  • Eduardo Sguario 

    O STF já decidiu. O TJ/SC já instruiu. A promotoria é a guarda da lei, não sua interprete. A lei é a CIVIL. Se não for insanidade é procura por fama, que diga-se de passagem esta conseguindo.

    Florianópolis - SC - Brasil27/08/2013 | 19:35
  • Jéssica Bittencourt 

    Em primeiro lugar, foi indeferido apenas um pedido de casamento de pessoas do mesmo sexo pelo Promotor mencionado, o que não significa que se estenderá aos demais. Além disso, tal posicionamento não interferirá na realização do ato, pois as pessoas atingidas ainda poderão realizar o casamento com ordem judicial. Muito além de religião, a questão é que não foram feitos preparativos para que se efetivassem os casamentos na prática, deixando todos, inclusive os operadores das normas, desorientados.

    Palhoça - SC - Brasil27/08/2013 | 16:28
  • Bernardo Kaiserlauter 

    Casamento é entre pessoas de sexo distinto,o que há hoje é união entre pessoas do mesmo sexo.Mas é interessante como eles diziam que papel não significava nada,o importante é o compromisso!!O desembargador me parece correto,pois se baseia na lei maior do país,a constituição,pois diz que o supremo recomendou,e não ordenou

    Rio do Campo - SC - Brasil27/08/2013 | 12:15
  • Marialva Ortigari 

    Nem pesquisar seria necessário. O Promotor está certo 100% . Outros assuntos, tais como a ilegalidade do MST , a VERDADE sobre o caso do senador da Bolivia, que está longe de estar bem explicada,a crise oculta na Petrobrás, e essa tal de Comissão da Verdade.Que tal uma dupla Aecio e Marina ?

    Luzerna - SC - Brasil27/08/2013 | 09:22
  • Denis Gasparetto 

    O Promotor está correto sob todos os pontos de vista.Houve quem mencionasse a opinião da Presidenta.Também gostaria de saber.Será que Dona Dilma é favor ou contra ? Dona Ideli, poderia informar-nos ? Grato.

    Curitibanos - SC - Brasil26/08/2013 | 14:49
  • Bia Martins Martins 

    Deus abençoe o Promotor. Casamento, casal, homem e mulher.

    Florianópolis - SC - Brasil26/08/2013 | 14:27
  • LUCIANO NEIVA 

    A Constituição Federal dispõe em seu art. 226 que a família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado. Tem-se o reconhecimento da união-estável como entidade familiar, devendo o Estado facilitar a sua conversão em casamento. O STF reconheceu a união homoafetiva como entidade familiar. Se a união-estável é uma entidade familiar e o STF também reconheceu a união homoafetiva como entidade familiar, então pelo princípio da ANALOGIA, deve-se aplicar à união homoafetiva todas as regras da união-estável, ou seja, facilitar a sua conversão em casamento, por serem ambas consideradas como entidade familiar. O representante do MP não possui poderes para modificar um entendimento jurisprudencial, tendo apenas como sua função típica de fiscal da lei "custus legis", devendo fazer cumprir o ordenamento jurídico e não tentar impor a suas convicções pessoais.

    TEOFILO OTONI - MG - Brasil26/08/2013 | 10:54
  • thales carioca 

    É uma atitude de total atraso social e cultural. Hoje no mundo não é mais possível sermos hipócritas ao ponto de negar que essas situações aconteçam. Que mal tem isso???

    Florian´popolis - SC - Brasil26/08/2013 | 10:52
  • antonio pescador 

    Acho acertadissima esta medita do Promotor, casamento do mesmo sexo, é uma baixaria, vergonha, uma falta de respeito.

    criciuma - SC - Brasil25/08/2013 | 21:13
  • julio lopes 

    Parabenizo o Senhor Promotor.Deus criou no mundo o macho a fêmea e disse CRESEI E MULTIPLICAI que estarei abençoando vossa feliz união.Todas nossas autoridades devem agir da mesma maneira do Senhor Promotor em horra de nosssas FAMÍLIAS.

    armazém - SC - Brasil25/08/2013 | 19:38
  • Caio Oliveira 

    Concordo com o promotor. O casamento é a união entre homem e mulher. Qualquer coisa diferente disso não pode ser considerado casamento.

    Florianópolis - SC - Brasil25/08/2013 | 01:05
  • kowalski andrade 

    Já está entediando essa mania de casamento. Curtam a vida e parem de encher o saco. Fez bem o promotor.

    florianópolis - SC - Brasil24/08/2013 | 23:37
  • JOSE WILTON REBELO 

    SRS AINDA BEM QUE UM AINDA ESTA ACORDADO PARA DETERMINADOS ATOS EM NOME DA LIBERDADE E DA MODERNIDADE, ESTE SR SABE., O QUE MUITOS DEVERIAM JA TER CONHECIMENTO QUE SEM PAPAI E MAMÃE ELES NUNCA EXITIRÍAM

    LAGES SC - SC - Brasil24/08/2013 | 12:00
Total de 2 páginas

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseAcidente na BR-470, entre Rodeio e Ascurra, causa duas mortes e bloqueia o trânsito na rodovia. http://t.co/ohFH8Wtwmahá 6 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseJosé Padilha irá dirigir filme sobre caçada de nazistas no Brasil. http://t.co/QKCKO2nln1há 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros