Big Brother nas estradas16/07/2012 | 22h16

BR-101 é monitorada 24 horas por câmeras de segurança

BBB da rodovia usa tecnologia espanhola que identifica situações suspeitas

Enviar para um amigo
BR-101 é monitorada 24 horas por câmeras de segurança Daniel Conzi/Agencia RBS
Serão instaladas 122 câmaras em um trecho de 220 quilômetros da rodovia Foto: Daniel Conzi / Agencia RBS
No comércio, nas ruas e até dentro do elevador. Ninguém mais está livre das câmeras de vigilância. Agora, até na BR-101 o monitoramento será 24h.

A Autopista Litoral Sul, que tem a concessão da rodovia em Santa Catarina, termina este mês a instalação das 122 câmeras, do trecho de Garuva, Norte do Estado, até Palhoça, na Grande Florianópolis.

O trabalho começou em maio e, segundo a concessionária, faltam só oito equipamentos entrarem em funcionamento. Com o sistema completo, serão 220 quilômetros vigiados. O trecho catarinense terá, em média, uma câmera a cada 1,8 quilômetro. Cada uma tem zoom ótico de dois quilômetros.

Do comando de operação em Joinville serão repassados dados as 10 bases da concessionária, que atendem, cada uma, trechos de 35 a 40 quilômetros. Não será possível controlar todas as 122 câmeras.

Tecnologia inédita no Brasil

O software que foi adquirido para o sistema consegue identificar uma situação diferenciada e, automaticamente, jogar para a tela. O programa de computador adotado no trecho catarinense é espanhol e já vem sendo utilizado na Europa.

No Brasil, será usado pela primeira vez em Santa Catarina. Por isso, precisa ser adaptado. Por exemplo, deve ser possível identificar quando um carro para no acostamento ou se está trafegando no sentido contrário.

Segurança e não fiscalização

A finalidade não é a de fiscalização de irregularidades. Pelo contrário. De acordo com a Autopista Litoral Sul, a intenção do monitoramento é agilizar o socorro de vítimas de acidentes de trânsito, motoristas com problemas mecânicos, facilitando, ainda, a liberação do fluxo na rodovia.

O investimento chega a R$ 30 milhões, entre câmeras e a nova estrutura utilizada, com cabos em fibra óptica. O custo do novo Big Brother estará incluso na tarifa do pedágio, mas ainda não há previsão de aumento de valor, afirma a assessoria da concessionária.

A intenção é verificar o quanto o monitoramento fará diferença na resposta ao atendimento, hoje feito depois que o usuário aciona o 0800 da concessionária. Apesar de a maior parte das câmeras já estar operando, a Autopista ainda não possui um levantamento sobre a eficácia do sistema, o que ainda está em fase de análise.

As imagens são exibidas em tempo real no Centro de Controle Operacional (CCO) da Autopista Litoral Sul, que fica em Joinville, Norte catarinense. O CCO, por sua vez, encaminha a ajuda necessária para o posto de pedágio mais próximo do quilômetro afetado.

Cada câmera abrange dois quilômetros, sendo possível escolher o sentido da visualização, pois o equipamento tem capacidade para giro de 360 graus. - Se for uma curva muito fechada pode haver um ponto cego, mas a visualização abrange, no mínimo, 80% de toda a malha viária - detalha o gerente

Notícias Relacionadas

Reação 16/07/2012 | 11h20

Prefeitura de Balneário Camboriú quer paralisar obra na BR-101

Empreitada feita pela Autopista Litoral Sul causou filas durante o final de semana na rodovia e no município

 

Siga Trânsito 24 Horas no Twitter

  • t24horas

    t24horas

    Trânsito 24 HorasSC-404: engarrafamento sentido Lagoa começa na altura da Celesc e alivia na altura do Sarapiquá. #t24horashá 8 horas Retweet
  • t24horas

    t24horas

    Trânsito 24 HorasPontes e Via Expressa já têm ritmo normal. #t24horashá 9 horas Retweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros