Tsunami10/02/2014 | 12h28

Fenômeno provoca onda que arrasta carros e assusta veranistas no RS

Carros ficaram atolados e pertences foram levados pela água no início de tarde de domingo

Enviar para um amigo
Fenômeno provoca onda que arrasta carros e assusta veranistas no RS Youtube/Reprodução
Onda atolou carros e arrastou pertences de veranistas Foto: Youtube / Reprodução
Por volta das 13h30min deste domingo, um fenômeno assustou veranistas que frequentavam o Balneário Cassino, no Litoral Sul do Rio Grande do Sul. A maré subiu além da conta na Praia Molhes da Barra, o que resultou na onda que está sendo chamada de "Tsunami". Segundo o 2º Pelotão Ambiental de Rio Grande, a tal onda chegou a um metro.

De acordo com soldados da Operação Golfinho, alguns carros foram arrastados e ficaram atolados na areia. Cadeiras e guarda-sóis também foram levados pela água. Ninguém ficou ferido.

Segundo o professor de Oceanografia Geológica da Fundação Universidade Federal do Rio Grande, Lauro Calliari, o fenômeno é chamado de Tsunami Meteorológico, e ocorre quando o tempo está muito instável. Sol, nuvens e muito vento, cenário no qual o Balneário Cassino se encontra nos últimos dias, contribuiu com a aparição da onda.

— A onda aparece quando acontece o que chamamos de linhas de instabilidade. Uma onda que se forma na atmosfera se tranfere para o oceano, fazendo pressão em determinado ponto, o que faz com que a água seja empurrada — explica Calliari.

Denominado squall line, o fenômeno faz com que o nível do mar suba e desça, propagando a onda.

Segundo Calliari, o Tsunami Atmosférico já aconteceu cerca de quatro vezes na praia. Em 1977 a onda chegou a três metros, resultando na morte de uma pessoa, após ser jogada às rochas dos molhes pela água.

Não há registro do fenômeno em outras praias do Rio Grande do Sul.

Confira os vídeos que foram gravados logo após a onda atingir a praia

-

Comentar esta matéria Comentários (17)

Priscila

Desculpem, mas já visitei a maioria das praias de Florianópolis e, com certeza, não volto mais em nenhuma delas. Praias pequenas, muito apertadas, com hotéis na beira do mar, sem lugar para deixar o carro... Onde está a diversão? Desculpem, mas sinto muita falta da Praia do Cassino!!!

03/03/2014 | 16h58 Denunciar

Ricardo

Quando julgamos não vemos a realidade, vemos a fantasia da nossa ignorância, e mostramos como somos. Não julgar é poder ver e viver efetivamente!

11/02/2014 | 18h30 Denunciar

gabriela

Como o povo é cheio de preconceito. Adora julgar sem conhecer. Chamam de "povinho" pq deixam o carro na areia. 1 pergunta: vcs conhecem a praia do Cassino?? Sabem onde fica a estrada mais próxima para deixar o carro? Sabem que o estacionamento fica do lado dos molhes?? Não.. só julgam. preconceituos

11/02/2014 | 11h31 Denunciar

gabriela

Como o povo é cheio de preconceito. Adora julgar sem conhecer. Chamam de "povinho" pq deixam o carro na areia. 1 pergunta: vcs conhecem a praia do Cassino?? Sabem onde fica a estrada mais próxima para deixar o carro? Sabem que o estacionamento fica do lado dos molhes?? Não.. só julgam. preconceituos

11/02/2014 | 11h25 Denunciar

deco

Gaúcho é um povo bobo mesmo!!! Parar carro na praia.....humpf!!!

11/02/2014 | 02h23 Denunciar

Ederson

Buenas e me espalho

10/02/2014 | 23h03 Denunciar

Lindomar Fiori

As pessoas tem preguiça de caminhar, precisam ir a praia de carro e ficar pertinho do mar...da nisso!!!

10/02/2014 | 22h08 Denunciar

Marcus Ramos

Praia não é para "i" de carro. Praia é para "ir" a pé. Praia pra "i" de carro é só para "i"diota ou para quem não sabe escrever.

10/02/2014 | 21h35 Denunciar

Éric Zanelato

os cara não conhecem e ficam falando o balneario cassino é pra i de carro pelo enorme tamanho da orla, então é por isso que vão de carro e daí ficam falando

10/02/2014 | 19h00 Denunciar

Marcos

Carro na areia? Parabéns!! Bem típico desse povinho brasileiro. Depois fala que pobre tem azar.

10/02/2014 | 18h15 Denunciar

Fábio Engel

O mais incrível é a ignorância, comentar sem saber o que, como e porque. O local mostrado nos vídeos fica a 4km da saída mais próxima do balneário, quase no início dos molhes (que adentram no mar por 2.2km), e o cassino possui mais de 50km orla, que podem acessar somente pela praia. Sou de Sampa.

10/02/2014 | 18h13 Denunciar

Pedro Della Rocca

Tchê lugar de carro não é na areia da praia. Tem que ficar ligado.

10/02/2014 | 17h53 Denunciar

carlves

E esses carros todos na areia ai, deveriam ser todos multados.

10/02/2014 | 16h01 Denunciar

Jair

Amanha vai ter uma porção de carros nas revendas, baratinhos quase de graça. O povo não quer caminhar nem para ir a praia, precisa entrar no mar sem molhar o pé. Acho que ficou barato para todos.

10/02/2014 | 16h00 Denunciar

Raphael

Em que pese o Cassino ter acesso somente pela areia em quase toda sua extensão, quem coloca o carro na beira da praia não pode reclamar do ocorrido...

10/02/2014 | 13h47 Denunciar

Sérgio

Lugar de carro não é na areia da praia, ficou barato.

10/02/2014 | 13h17 Denunciar

Reinaldo

O ser humano parece um imbecil e egoista completo. Acha que é dono das matas, das praias, do mar dos rios. Tudo fenômeno natural que a burrice e exploração econômica não prevêem ou não dão importãncia. Depois reclamam.A praia, pertence ao mar, e não ao homem.Pode no máximo usá-la.

10/02/2014 | 13h14 Denunciar

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseIstoé/Sensus: Aécio tem 48,1% dos votos totais, Dilma 40%. http://t.co/noN3S54ne6há 59 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinensePrédio do IGP é arrombado em Lages e direção acredita que bandidos buscavam armas e munições. http://t.co/VU58FcZ0crhá 1 horaRetweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros