Ruas e casas inundadas02/04/2013 | 00h22Atualizada em 03/04/2013 | 14h42

Temporal provoca alagamentos em Chapecó, e região está em alerta

Carros foram cobertos pela água que ficou acumulada em algumas ruas da cidade

Enviar para um amigo
Temporal provoca alagamentos em Chapecó, e região está em alerta Ricardo Zanotto/Arquivo Pessoal
Carros ficaram debaixo da água em algumas ruas do centro da cidade. Foto: Ricardo Zanotto / Arquivo Pessoal

Um forte temporal, com ventos fortes, caiu na noite desta segunda-feira, durante uma hora, entre 22h e 23h, causou estragos e assustou a população de Chapecó. O Corpo de Bombeiros recebeu cerca de 200 chamadas de ocorrências de alagamentos, destelhamentos, deslizamentos e quedas de árvores, mas nenhuma delas graves.

O principal problema registrado foi alagamento de ruas. Em alguns locais, a água chegou a entrar nas casas e carros foram encobertos. A situação ficou mais crítica no Centro da cidade e nos bairros Presidente Médici e Santa Maria.

Um muro desabou no Bairro Seminário, mas ninguém ficou ferido. No Bairro Engenho Braunn, um idoso ficou ilhado numa propriedade rural e precisou ser resgatado pelos bombeiros. No Centro alguns carros que estavam estacionados na rua ficaram cobertos de água.


 
Foto: Ricardo Zanotto/Arquivo Pessoal

Foi uma chuva muito forte e concentrada em pouco tempo. O número de ligações foi muito grande. Mas felizmente só houve danos materiais — explicou o tenente do Corpo de Bombeiros de Chapecó, Cristiano Brandão.

Perto da meia-noite, a chuva já havia diminuído e a água começava a baixar nas ruas, casas e lojas.

Segundo informações da estação de rádio do Aeroporto Municipal Serafin Enoss Bertaso, de Chapecó, as rajadas de ventos chegaram à 122 km/h. O voo da empresa Trip, que faria uma escala por volta das 22h10min na cidade, teve que seguir direto para Porto Alegre. Depois das 23h os pousos e decolagens foram normais.

Somente nesta terça-feira será possível fazer um balanço mais preciso dos estragos.

Defesa Civil pede atenção para possível chuva forte durante a terça-feira no Oeste, Meio-Oeste e Planalto Sul

A Defesa Civil alerta para a possibilidade de novos temporais isolados e chuva moderada a forte nesta terça-feira em alguns pontos especialmente no Oeste, Meio Oeste e Planalto Sul, podendo causar alagamentos momentâneos. A mudança de tempo deve ocorrer devido a um sistema de baixa pressão. A instabilidade e a condição de pancadas de chuva se estendem também para a quarta e quinta-feira, porém de forma mal distribuída e com períodos de sol.

Caso se confirmem as previsões, a Defesa Civil recomenda:

- Tempestades com descargas elétricas, vento e/ou granizo: permanecer em em local seguro e não transitar em locais abertos, próximo a árvores, placas plublicitárias ou objetos que possam ser arremessados.

- Se houver granizo: é aconselhável que as pessoas se protejam em lugares com boas coberturas, ao exemplo dos banheiros das residências, fechar janelas e portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos.

- Alagamentos: deve evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados.

- Emergência: qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 4009-9816.

 

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseBlatter revela pressão de ex-presidentes para a escolha do Catar como sede. http://t.co/aupI5DZkYw http://t.co/Byz8Nzk3Sahá 25 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinensePesquisas apontam que "não" deve ter maioria na Grécia. http://t.co/OIQwpnccwd http://t.co/XFpNKzpHVShá 1 horaRetweet
Diário Catarinense
Busca
clicRBS
Nova busca - outros