Versão mobile

Superação10/10/2012 | 06h22

Kim Phuc, sobrevivente da Guerra do Vietnã, palestra em Florianópolis

Quando menina, vietnamita se tornou ícone em uma das fotos mais emblemáticas da história

Enviar para um amigo
Kim Phuc, sobrevivente da Guerra do Vietnã, palestra em Florianópolis Nick Ut/AP
"Sou muito feliz e grata às pessoas que descobriram novos tratamentos para os queimados", diz Kim Foto: Nick Ut / AP

Ícone da história mundial, a embaixadora da Unesco Kim Phuc palestra na noite desta quarta-feira na abertura do 8º Congresso Brasileiro de Queimaduras, em Florianópolis. Apesar da chegada em Santa Catarina estar prevista para esta quarta, Kim desembarcou em Florianópolis na noite de terça-feira e pediu aos organizadores do congresso que não marcassem compromissos a ela antes da palestra.

Eternizada na foto mais marcante da Guerra do Vietnã, Kim é ativista dos Direitos Humanos e fundadora da Kim Foudation, organização que dá apoio a crianças vítimas de conflitos armados em todo o mundo. As inscrições para o evento estão esgotadas.

Confira o áudio da entrevista (em inglês) com Kim Phuc, sobrevivente da Guerra do Vietnã Ouça aqui

>>> Leia a entrevista completa com Kim Phuc

Quinta-feira, Kim palestra também para os estudantes da Unisul, no campus Pedra Branca, em Palhoça, na Grande Florianópolis. O evento é fechado. Em entrevista ao Diário Catarinense, Kim falou do trauma que passou ao ter 55% do corpo queimado em um bombardeio de napalm em Trang Bang, sua cidade natal. E lembrou dos avanços no tratamento de queimaduras.

— Sou muito feliz e grata às pessoas que descobriram novos tratamentos para os queimados. Hoje para fazer o enxerto é possível retirar uma amostra de pele da pessoa e produzir mais em laboratório. Isso ajuda muito o paciente, diminui muito a dor que ele vai sentir — afirmou.


Kim na famosa foto de Nick Ut
Foto: AP Photo

Veja o vídeo do dia do bombardeio e saiba mais sobre Kim Phuc

O Congresso Brasileiro de Queimaduras, organizado pela Sociedade Brasileira de Queimaduras, é o principal evento da área e reúne cerca de 500 profissionais da área da saúde. Aproximadamente 200 especialistas do país e do exterior farão conferências durante três dias no Hotel Majestic. Os profissionais discutirão prevenção, tratamento e reabilitação de vítimas de queimaduras. De acordo com a Sociedade Brasileira de Queimaduras, cerca de um milhão de pessoas sofrem este trauma no Brasil.

Além da vietnamita, o cirurgião pediatra americano Martin Eichelberger, fundador da organização Safe Kids Worldwide — referência mundial em prevenção de lesões na infância — também participa do evento. No Brasil, dois terços das vítimas de queimaduras são crianças.

Notícias Relacionadas

Superação 06/10/2012 | 16h16

Entrevista: 40 anos depois, Kim Phuc fala sobre a Guerra do Vietnã

A menina se tornou um ícone numa das fotos de guerra mais emblemáticas da história

Superação 06/10/2012 | 15h31

Conheça a história de Kim Phuc, ícone da Guerra do Vietnã que virá a Florianópolis nesta semana

A foto em que Kim foge do povoado durante um bombardeio venceu o Prêmio Pulitzer

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseQueda de avião mata duas pessoas em Curitiba neste sábado http://t.co/BvPy9GDjF2há 2 horas Retweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseSete motivos pelos quais Marina Silva subverteu a lógica das eleições http://t.co/xt4ssvjvh0há 3 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros