Apuração na segunda19/02/2012 | 07h02

Escolas de Samba de Florianópolis superam problemas para apresentar desfile na Passarela Nego Quirido

A apuração começa na próxima segunda-feira, a partir das 15h

Enviar para um amigo
Escolas de Samba de Florianópolis superam problemas para apresentar desfile na Passarela Nego Quirido Feliper Carneiro/Agencia RBS
G.R.S.E Consulado do Samba abriu os desfiles deste ano Foto: Feliper Carneiro / Agencia RBS
O desfile das escolas de samba de Florianópolis foi recheado de pontos altos, como as apresentações dos casais de porta-bandeiras e mestres-sala e as esperadas paradinhas das baterias. Mesmo assim, imprevistos como problemas em carros das três primeiras escolas e no cronômetro oficial preocuparam os dirigentes do Carnaval da Capital de Santa Catarina.

O presidente da Liga das Escolas de Samba de Florianópolis, Zeca Machado, explicou que como os cronômetros não estavam confiáveis, passou a valer a cronometragem feita pelos cinco membros da Liga. No último desfile, houve controvérsias sobre a União da Ilha da Magia ter encerrado a apresentação no tempo previsto.

No início da noite, o folclore da Ilha de Santa Catarina, com suas bruxas e a bernunça, tomaram conta da Passarela Nego Quirido. A Consulado do Samba enfrentou um problema no último carro alegórico para sair da concentração. Foram 2,5 mil componentes, quatro carros alegóricos e três tripés que desfilaram na avenida.

Logo depois foi a vez da Unidos da Coloninha. Os personagens de Monteiro Lobato estiveram presentes no desfile da escola do Estreito para contar o enredo Sob a proteção dos Erês. Foram 2,5 mil integrantes que cruzaram a Passarela Nego Quirido em 24 alas, quatro carros alegóricos e dois tripés.

À Copa Lord coube mostrar a pluralidade da rua-calçadão, com seus pontos de conversa política, espaço para religiosidade e crendice popular e palco de manifestações sociais. A escola teve que correr contra o relógio para não ser penalizada.

Consulado do Samba, Unidos da Coloninha e Copa Lord tiveram problemas aparentemente mecânicos em um dos carros de cada uma para entrar na avenida. Terceira escola a desfilar, o último carro da Os Protegidos da Princesa sofreu um princípio de incêndio, que foi controlado e não feriu ninguém.

De todas as escolas, Os Protegidos da Princesa foi quem fez o desfile mais técnico. com exceção do fogo e da fumaça que saiam de um gerador elétrico a 10 minutos do fim do tempo, nenhuma outra ocorrência prejudicou a evolução. Cerca de 2,8 mil integrantes da escola mostrando um dos capítulos mais importantes da história de Santa Catarina. Foram 26 alas, três carros alegóricos e trê quadripés.

As particularidades da Rua Felipe Schmidt, no centro de Florianópolis, foram mostradas pela Embaixada Copa Lord. Pela avenida desfilaram balcões de café, torcidas do Avaí e Figueirense, além das lembranças de manifestações sociais. Foram 2,6 mil integrantes a cruzar a avenida em 24 alas, e quatro carros alegóricos.

Última escola, a União da Ilha da Magia voltou a apostar em falar de um país para disputar o título. Neste ano, trouxe o enredo enredo Bella Storia para falar da influência italiana. A escola da Lagoa da Conceição é a atual campeã de Florianópolis e busca o bicampeonato.

A apuração ocorre na próxima segunda-feira, 20, à partir das 15h, novamente na Passarela Nego Quirido, em Florianópolis. O desfile das campeãs está marcado para a próxima terça-feira, a partir das 19h.

Notícias Relacionadas

Fim da folia 19/02/2012 | 07h

União da Ilha da Magia traz a leveza e o romantismo da Itália para o desfile

Escola lembrou da festa de rua comemorada na Veneza catarinense

Fim dos desfiles 19/02/2012 | 06h07

União da Ilha da Magia traz a leveza e o romantismo da Itália para o desfile

Escola lembrou da festa de rua comemorada na Veneza catarinense

Ponto é chic 19/02/2012 | 04h35

Copa Lord mostra o calçadão da Felipe Schmidt no penúltimo desfile deste ano

Escola fechou apresentação no limite do tempo máximo

Medo na Passarela 19/02/2012 | 03h04

Fogo em carro alegórico pode fazer Os Protegidos da Princesa perder pontos

Gerador elétrico do último carro alegórico assustou escola e provocou confusão no desfile

Aniversário na passarela 19/02/2012 | 01h20

Em festa de jubileu, Unidos da Coloninha faz o segundo desfile de Florianópolis

Problemas com carros alegóricos e defeito no cronômetro preocuparam, mas foram contornados

Abertura da folia 18/02/2012 | 23h56

Escola Consulado do Samba contorna problemas e leva o folclore dos Açores para a Passarela Nego Quirido

Escola enfrentou problema em um dos carros e no cronômetro oficial, mas não se atrasou na evolução

Festa na Ilha 18/02/2012 | 23h09

Bloco dos Sujos, um dos mais tradicionais de Florianópolis, toma conta das ruas centrais da Ilha

Veja fotos dos foliões que animaram a festa no Centro da cidade

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário Catarinense no Twitter

  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseEquipe feminina de São José garante vaga inédita no Grand Prix de Judô. http://t.co/0ea5j027Hnhá 17 minutosRetweet
  • dconline

    dconline

    Diário CatarinenseSaiba como usar tênis do trabalho à festa: http://t.co/PtFCUS31M3há 52 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros