Montadora em Lages12/07/2012 | 06h04

Fábrica de caminhões em Lages, na Serra, será lançada na próxima quarta-feira

A chinesa Sinotruk vai instalar sua primeira unidade no Brasil com investimento de R$ 300 milhões

Enviar para um amigo
Fábrica de caminhões em Lages, na Serra, será lançada na próxima quarta-feira SINOTRUK BRASIL,DIVULGAÇÃO/Agencia RBS
Modelo A7, top de linha da empresa chinesa, vai custar R$ 340 mil Foto: SINOTRUK BRASIL,DIVULGAÇÃO / Agencia RBS

Será lançada na próxima quarta-feira, dia 18, a pedra fundamental que marcará o início da construção da primeira fábrica de caminhões da marca chinesa Sinotruk no Brasil. A indústria ficará em Lages, na Serra Catarinense, e já tem até data para estar concluída: janeiro de 2014.

O anúncio foi feito terça-feira, em Mogi das Cruzes (SP), durante o lançamento da linha de caminhões que será fabricada em Lages. A instalação da Sinotruk se tornou realidade depois de seis meses de negociações sigilosas entre a empresa e o governo do Estado.

::: Fábrica planeja entregar o primeiro caminhão em junho de 2014

Viagens dos catarinenses à China e visitas dos chineses a Lages foram feitas e, em abril, a montadora assinou um protocolo de intenções no qual se comprometia em construir a fábrica na cidade serrana.

Para a concretização do negócio, a prefeitura de Lages cedeu um terreno de 200 hectares — 2 milhões de metros quadrados — reservado ao Parque de Inovação da Serra Catarinense, localizado às margens da BR-282, na localidade de Índios.

A prefeitura concedeu a isenção do Imposto Sobre Serviços (ISS) e o Estado ofereceu a postergação da cobrança do ICMS. No dia 22 de maio, a companhia realizou um evento na China, onde anunciou a construção da sua primeira fábrica no Brasil.

Já no evento desta terça-feira, o diretor-geral do grupo no país, Joel Anderson, informou que as obras em Lages iniciam nos próximos dias, logo após o lançamento da pedra fundamental. A sede administrativa da companhia também ficará em Lages.

* O repórter viajou a convite da Sinotruk

Comentar esta matéria Comentários (4)

Ricardo

Seria interessante que o estado depois de 6 meses de sigilo, apresentasse os critérios que levaram a escolha da cidade de Lages. Principalmente, pelo fato do nosso governador, que diga-se de passagem, não tem feito nada pelo estado, ter escolhido justamente sua cidade natal para essa montadora.

12/07/2012 | 12h39 Denunciar

TADEU

Neste estado do NÃO PODE E COM SIGILO, pergunto??? O Ibama, Fatma, e demais orgãoes embargadores de obras estão sabendo deste feito, como todos sabem, cada um quer levar um pouco das taxinhas e aparecerem na midia. E por causa disto o Estado esta que nem rabo de cavalo.

12/07/2012 | 10h17 Denunciar

Marco Cruz

Parabens a Lages. Essas novas empresas são necessarias para concorrencia com as montadoras atuais que abusam dos preços dos caminhões e das peças de reposição. Que venham os chineses para regular esse mercado.

12/07/2012 | 09h10 Denunciar

Geison

R$ 340 MIL UM SINOTRUK? Será que eu lí isso? Com 340 Mil nenhum transportador vai deixar de comprar uma marca brasileira: SCANIA, VOLVO... Com esse valor, a SINOTRUK não vai sair do "chão"...

12/07/2012 | 08h34 Denunciar

Siga EconomiaDC no Twitter

  • EconomiaDC

    EconomiaDC

    EconomiaDCConheça oito aplicativos para melhorar a experiência de leitura nos meios digitais: http://t.co/o5OC2E3lEYhá 27 minutosRetweet
  • EconomiaDC

    EconomiaDC

    EconomiaDCMinistra do Supremo determina instalação de CPI exclusiva da Petrobras. Entenda o caso: http://t.co/90pgyw2twahá 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros